quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Falta-me a paciência para, por exemplo...

Chefs que explicam com aturada paciência e rudes laivos de condescendência que não são cozinheiros... Que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, ai que atrasado é este povinho, valha-nos o criador... E eu, calada e no meu canto, começo a sentir as mãos a transpirar, acelera-se-me o batimento cardiaco, faço estalar o pescoço... Não tanto pela exigência da distinção, mas pela attitude em biquinhos de pés desta gente neo letrada e neo evoluída, que usa e abusa de termos como "outstanding" e "out of the box" porque vai amiúde a Londres, que isto agora com as "low costs" é como andar de expresso...

Interrompo o monólogo para perguntar se, em última análise, o Papa não é um padre... Não me respondem... Ooooooohh!!!

27 comentários:

  1. Qual é o mal de se privilegiarem os títulos? Que mal tem a forma se sobrepor ao conteúdo?
    O meu avô, que no trabalho era tratado por chefe, detestava. E dizia que chefe era o bode num curral de cabras. Coisas suas, que só agora percebo.


    Isso de ir a Londres amiúde é comigo? :)))))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Outro dia fui a uma consulta pela primeira vez. Ao preencher a ficha de identificação e antes de pôr o meu nome, a senhora da secretaria pergunta-me muito séria: "Doutora ou engenheira"?.... Quão pedante é isto?

      (Não babe, não foi... Tu és mesmo outstanding e out of the box.... :D)

      Excluir
    2. Nos cartões do banco. Grrrrrrrr!

      Excluir
    3. UI... Se for nos de crédito até dá chatices que as pessoas nem sempre percebem que aquilo não é nome...

      Excluir
    4. Nesses casos digo sempre: Arquiteta...e ficam a olhar para mim com ar de cão com pulgas (BTW, não sou arquiteta)

      Excluir
    5. Porquê arquitecta Lulu? Porque não... Hum... Cerzideira ou assim?

      Excluir
    6. Lulu, não vais sem resposta, conheço um senhor que assina arq. E o nome. Ah pois! Assina com título. Sabendo que é arquitecto uma vez, para o chatear, perguntei se era arqueólogo.

      Excluir
    7. Conheci um que tinha nos cartões: Professor Doutor Engenheiro!
      Upa, upa!

      Excluir
    8. E tinha espaço para o nome? :)

      Excluir
    9. NM, sendo do Porto, calhando faz as referidas consultas na mesma clínica que uma das minhas amigas frequenta. Numa dada altura, perguntaram-lhe a profissão e quando, mais tarde, foi à consulta e a chamaram, disseram alto e bom som "Doutora "Miquelina"". E quando foi embora reparou que no cartão consta "Dra" antes do nome.

      Acho que há muito quem viva disso, quem precise de invocar os títulos, mas durante algum tempo achava que isso eram coisas dos mais velhos, daqueles que tiraram uma licenciatura quando 90%, com sorte, faziam o 4º ano. Mas não, tenho uma amiga que gosta de se apresentar como Dra, no auge dos seus 24 anos e sendo uma advogada estagiária não remunerada ganha menos do que a empregada de limpeza do escritório...

      Excluir
  2. Por favor Nê vê-se mesmo que isso de se meter em biquinhos de pés é para chegarem à prateleira do açúcar...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahah oh Margarida, Margarida, que até me ias fazendo engolir a "chicla" :DDDD

      Excluir
  3. Será que também põe Chef qualquer coisa ao preencher o formulário como o Doutor coisinhas???

    Beijinhos
    http://thepirateandi.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Pipocante Azevedo Delirante19 de novembro de 2014 12:32

    pelo menos que fosse CHEFE, como o Silva. Já o Michel, não tinha direito a título.
    Já éramos um país de doutores e engenhêros, evoluímos para chefs e trendies.

    Ass: técnico de profundidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pipocante Azevedo Delirante19 de novembro de 2014 12:45

      Anteontem peguei numa pá e cavei um buraco.

      Excluir
    2. É técnico de profundidade nível 1.0 portanto....

      Excluir
    3. Pipocante Azevedo Delirante19 de novembro de 2014 12:48

      Mas já estou habilitado a dar worqueshpes

      Excluir
    4. Pois com certeza Dr.... ;)

      Excluir
  5. ainda vai a tempo a pergunta do Papa? também tem a ver com títulos, não tem? não sei qual o plano curricular neste segmento, mas eu digo que sim. é padre, que precisou de fumo branco para chegar onde está.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha foi como eu... Também precisei de algum fumo para chegar onde cheguei... (Brincadeirinha... :p)

      Excluir
  6. Sim, é padre. Antes de papa é padre, sempre padre. Creio que ele próprio já o referiu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que sim... Mas as pessoas poucochinhas gostam de se valorizar menosprezando os outros...

      Excluir
  7. Na minha santa terrinha, há quem coloque na caixa do correio o: "Dr.ª".
    Qualquer coisa de bradar aos céus.

    CM

    ResponderExcluir