domingo, 28 de fevereiro de 2016

Enfim, critérios.

[Jr.] Já arranjei outra namorada que não a Gabriela.

[NM] Ai foi? E então quem é?

[Jr.] A Matilde.

{Ele nunca, nuuunca fala na Matilde.}

[NM, admirada] A sério? Gostas dela?

[Jr.] Gosto... Quer dizer... Por acaso ela até nem brinca assim muito comigo.

[NM] E então porque é que a escolheste para tua namorada?

[Jr.] Porque era a única que estava disponível.

(...)

"Disponível"... Não consigo parar de rir.

7 comentários:

  1. Mas é verdade! Os miúdos são muito rigorosos nas regras do namoro, que são estabelecidas sempre a partir do seu ponto de vista. Regra 1: se ela/ele olhou para ti ou brincou contigo passa a ser namorada/o. Regra 2: podes ter as/os namoradas/os que quiseres ao mesmo tempo. Regra 3: podes ter muitos/as namorados/as desde que essa criança não seja namorada de mais ninguém.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo mesmo isso, é... :DD (eu gostei foi do adjetivo.. "Disponível"... Disponível para quê, caraças?! :D)

      Excluir
  2. Ora muito bem.. Nem sei o que escreva sobre este post...
    Vá, é fazer experiências agora para quando for grande não as fazer(não pelo menos essas... ;)).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma... Então não viste a Regra nº 2 da Mirone?? Além de que isto é na escola. E o que acontece na escola fica na escola. é a Regra nº 4. Acabadinha de inventar. :D

      Excluir
  3. E será que ela sabe que é namorada dele?? hã?? eheheh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois. Às tantas não faz nem ideia. :DD

      Excluir