segunda-feira, 27 de junho de 2016

Coitadinho do crocodilo...


Olhai que fofos:


"do outro lado estão responsabilidades sociais que não podem ter resposta através do alargamento sem limites do tempo escolar", "alargamento sem limites", dizem eles. Sem-limites, hã! Mais duas semanas! Ui jasus, que crime!

Ora bem, contas de merceeiro:

De 1 de setembro 2016 a 31 de Agosto de 2017, há 252 dias úteis. Tirando os 23 dias úteis de férias, ou coisa que o valha, a que os professores têm direito sobram 229 dias úteis.

Agora o tempo lectivo calendarizado pelo ME para o 1º ciclo:

1º período: 15 Set a 16 Dez (63 dias úteis)
2º período: 03 Jan a 04 Abril (66 dias úteis)
3º período: 19 Abril a 23 Jun (45 dias úteis)

Ou seja, em 229 dias úteis de um ano corrido, os professores do 1º ciclo leccionam no próximo ano lectivo em 174, os restantes ficam para reuniões de avaliação e correcção de exames (?) e isso. 

Não dão pena? 

E depois dizem que: 


Pois não... Claro que não! Num ciclo de ensino em que todos os professores se queixam da extensão do programa, que têm de dar tudo a correr, que não há tempo para as crianças assimilarem nada... Vai-se a ver e no fim, ter mais duas semanas de aulas ainda prejudica! True story! Pela boca destas almas, ter mais duas semanas para dar o mesmo programa é completamente irrelevante. Vai-se a ver e até faz mal, é bem capaz de estragar tudo!

O (principal) problema?! Ninguém lhes ter pedido opinião nem dado margem para negociações.

É que isso dói, caramba!!! 

14 comentários:

  1. Ui, a FNE?! Comment? A FENÉ!? ah... depois daquilo do Brexit, só mesmo isto para surpreender-me, e entristecer-me deveras, qualquer dia estão piores có Mário Nogueira, caramba, tarda nada estão a convocar manifes e a levantar questões mais ou menos pertinentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É. Mas hoje ainda não é o dia...

      Excluir
  2. Exames (?)= testes, fichas de avaliação, provas de aferição (se houver). Também pertence ao grupo de pessoas que acha que o professor só trabalha no período em que está dentro da sala de aula com os alunos? Só para que conste, não sou professora, já fui (do 1º ciclo), felizmente deixei-me disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que a NM já foi professora, certo?

      Excluir
  3. Olá querida NM,

    Acontece que sou prof do 1ºCEB e acontece que gosto de ti...

    Permite-me que te diga que estás a ser injusta, até porque os motivos para o descontentamento geral vão muito para além desses 10 dias a mais de aula, comparativamente aos restantes ciclos.

    Permite-me também dizer-te que, por acaso, quando tive conhecimento do calendário escolar do próximo ano pensei "que bom, mais 2 semanas para não ter que fazer tudo à pressa, sobre pressão" (entenda-se acabar o resto da matéria, dar e corrigir avaliações, de pelo menos 3 áreas, preparar as minhas crianças para a festinha de final de ano para apresentarem aos pais. Coisa que no meu agrupamento, a funcionar num enorme centro escolar, apenas 1ºCEB e JI fazem).

    O que é facto é que eu adoro estar com os meus alunos, gosto efetivamente do que faço e quando estou com eles não vejo o tempo passar. Acredita que já estou cheia de saudades deles (estou com eles desde o 1º ano e vamos a caminho do 4º juntos). Vejo a satisfação deles quando me vêem, sinto o reconhecimento dos pais e a tranquilidade com que me entregam os seus maiores tesouros.
    E olha que tenho mais 3 meus em casa!!
    E depois vejo esses comentários um pouco por todo o lado e sinto-me triste, principalmente porque as pessoas, na maioria das situações, falam sem terem conhecimento.

    ResponderExcluir
  4. então, é a defesa da escola pública, qual é a dúvida?!

    com todo o respeito, a anónima das 00:04 diz que "os motivos para o descontentamento geral vão muito para além desses 10 dias a mais de aula, comparativamente aos restantes ciclos." no entanto não diz quais são e o foco da nóticia é as alarvidades que a nm aqui sublinhou.
    honestamente, com ou sem razão, se eu fosse professora tinha vergonha de ser representada por estas estruturas sindicais. fazem zero pela escola pública e pelo ensino.

    ResponderExcluir
  5. Preciso de desabafar... A ver se hoje arranjo tempo para escrever sobre isto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é que se põe like aqui nesta coisa.
      Desafe NM, desabafe que gosto muito de ler o que escreve sobre este assunto e debatê-lo depois.

      Excluir
    2. Ahahahahah a ver, a ver... Hoje isto já me começou meio caótico mas entre hoje e amanhã o parto dá-se.

      Excluir
    3. Ora bolas... Não deu. :/

      Excluir
    4. isso é que não pode ser! só desculpo mesmo por causa da bola...

      Excluir
    5. Credo! Público exigente. ;))

      Excluir
    6. Está no forno. Prometo. :) milhões! Milhões de caracteres que ninguém vai ler... :D

      Excluir