quinta-feira, 19 de outubro de 2017

E de repente mudei de opinião. Para a vida. CM TV ÉS MAIOR!!!!!!!!

Eu, que já por diversas vezes vos apelidei de abutres, a vós e a outros como vós, venho por este meio não só pedir desculpa como atestar que sois um modelo a seguir para qualquer meio de comunicação social...

Filmai. Filmai tudo. Filmai as pessoas em desespero, filmai os funerais, filmai os gritos excruciantes de velhinhos desgarrados. E de crianças. E de adultos. Filmai os animais queimados. Filmai os desmaios. Filmai crianças a chorar os pais. Filmai adultos a chorar os filhos. Filmai os gritos. Filmai as casas destruídas. Filmai os tratores carbonizados. Filmai os cadaveres a serem arrancados e despojados da napa derretida dos assentos dos carros ardidos. Filmai os familiares que vão ao INML reconhecer qualquer cordão de pescoço que foi retirado a um cadaver completamente irreconhecivel. Falai com os familiares dos mortos, se possível falai com os próprios futuros mortos, preferencialmente no momento exacto de pré falência onde eles perguntam pelos filhos. Depois ide dar a notícia aos tais filhos e filmai. Filmai os cadáveres. Filmais crianças carbonizadas. Filmai. Filmai os gritos. Filmai. Filmai tudo. Mostrai isso em loop, a toda e qualquer hora. Sem aviso prévio. Filmai e mostrai. Tudo.


Talvez, isso contribua para as pessoas não amaciarem o que aconteceu e se focarem no que realmente tem valor nesta vida –  a própria vida. A de todos e de cada um. Sem excepção. 

É indesmentível que, para cada um nós, a nossa vida vale mais que a dos outros.

Mas é igualmente indesmentível que para os outros... Enfim, para os outros, os outros somos nós.

8 comentários:

  1. Concordo...No entanto acho que há muitos "nós" que são como abutres voyeurs que gostam de ver a desgraça, só porque sim.
    Mas concordo, que o que é trágico, feio e duro sirva para consciencializar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que as circunstâncias nos levam a defender...

      Excluir
  2. Nenhuma circunstância, mas mesmo nenhuma, justifica a falta de respeito pela dor alheia. O que a CM TV e outros pasquins têm feito é ignóbil. Vergonhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, até Sábado era da sua opinião. Já muito vocifrei aqui neste blogue contra essa situação.
      Hoje?! Ao dia de hoje? Depois de ler e ouvir aquilo que li e ouvi, tudo pautado por uma insensibilidade atroz... ATROZ! Como se, enfim, tivesse sido um pequeno percalço, uma coisinha sem importância... Acho que as pessoas têm que ver o sofrimento... Ver... Ver mesmo. Ver e ouvir. Ver! A ver se percebem o que está em causa... a ver se percebem, efetivamente, o que está em causa...

      Excluir
  3. Toda a situação que vivemos atualmente é também fruto da conivência da CS. Já não vejo notificais na tv e o que leio é muito selecionado porque o lambe-botismo à extrema esquerda e ao atual governo é demais. Chega a ser estupidificante algumas das coisas que se dizem.
    Ainda agora li uma ‘noticia’ sobre o armamento de tancos que me faz questionar seriamente a sanidade mental de alguns jornalistas e editores. Aliás, copiar press releases que só dizem o que interessa a quem o pública nao é jornalismo.
    Este é um parágrafo de uma notícia do i:
    “O facto de os assaltantes do Paiol Nacional de Tancos terem devolvido todo o material furtado à exceção das munições de 9 mm faz com que as autoridades se inclinem para a tese de que seriam as munições o verdadeiro alvo dos ladrões e que o restante armamento apenas foi levado por uma questão de oportunidade. Até porque entre o material agora intercetado pela Polícia Judiciária Militar (PJM) conta-se o material mais valioso e destrutivo, nomeadamente os explosivos plásticos PE-4A.”
    Isto tem zero sentido! Como é que alguém que estudou para se interrogar, para investigar e ir mais além assina este texto sem dar um tiro na cabeça?? Sempre quis ser jornalista e hoje em dia dou graças aos céus por não ter seguido essa via porque hoje, se me visse na posição de escrever as coisas que leio desistia de tudo.
    Gostei da atitude de alguns jornalistas da sic durante a emissão de domingo à noite, segunda de madrugada. Espero que continue não só em relação aos fogos mas também em relação a outras falácias que se tentam passar através da CS. Chega de cegueira e de alimentar mentiras e meias verdades.
    São jornalistas, investiguem e denunciem, ou não são o 4o poder?
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. E nós, não só vemos/sabemos aquilo que a comunicação social nos mostra como, se não nos esforçamos, só o vemos/sabemos segundo a perspectiva que eles decidem.

      Excluir
  4. Já eu continuo a achar que há mínimos para a dignidade humana. Eles, claramente, não os conhecem.
    E quem n é sensível, lamento mas n é assim q o vai ficar...
    (Em analogia parva, n conheço uma única pessoa que tenha deixado de fumar por causa das imagens que aparecem nos maços...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabes do que me lembrei Me?! Do ai Jesus que foi com esta fotografia

      https://goo.gl/images/SamnVH

      do que se conseguiu mobilizar em prol dos refugiados à custa dela, quando até então já se sabia que tinham morrido centenas, centenas!, de crianças no mar nas mesmíssimas condições daquela.

      Excluir