terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Enfim, dúvidas...

O Baby a choramingar, sentado sozinho na despensa, escondido, visivelmente nervoso:

- Mãaaae anda cá... 

- Que foi filho?

- Oh mãe... Eu não quero morrer... Ai, quando é que eu vou morrer?...

(...)

"Aguenta-te à bronca, que isto vai doer.", pensei eu.

(...)

- Oh Baby, e então estás a pensar nisso porquê? Deixa lá isso...

- Mas eu vou morrer?

(...)

"Oh cum caraças... Aguenta-te NM, tu aguenta-te..."

(...)

- Vais filho... Toda a gente morre., digo eu com a maior naturalidade.

- Toda, toda, toda?!

- Sim, filho. Toda. Mesmo toda.

- Os polícias e os ladrões também?, diz o Baby já mais arrebitado e de olho muito aberto.

- Sim, toda a gente. Os polícias e os ladrões também.

- E eles também fazem anos todos os anos?

- Eles quem?

- Os polícias e os ladrões.

- Fazem, filho. Então não haviam de fazer? O tempo passa para toda gente.

- Mas mesmo todos, todos, os anos.

- Sim, filho.

- A sério? Os ladrões, também??!!!

- Sim, filho.

(...)

Silêncio...

(...)

- Mãe..., diz o Baby já outra vez pensativo e de olhar longínquo, enquanto se encosta a mim. 

- Diz, filho..., digo eu enquanto lhe seguro a mão, que eu cá sou mãe que está lá para as mais profundas dúvidas existenciais. 

- Olha...

- Diz...

- O que é hoje o jantar?

(...)

(...)


Não correu mal, vá... 

10 comentários:

  1. Não lhe disseste que era feijão frade, pois não?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahavahahhahahahahahhaahhaha oh pá... Não se me ocorreu... :DD

      Excluir
  2. Essa sim, uma pergunta difícil :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fales.... E a ginástica que uma pessoa faz para não ser massa dia sim, dia também... :D

      Excluir
  3. ah ah ah e eu á espera de uma reflexão profunda no fim de tanta interrogação e ele sai com a do jantar ah ah ah muito bom ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também eu estava... E o esforço para não me rir... Quase me saltavam os olhos fora..

      Excluir
  4. Respostas
    1. Pois foi... Não tenho jeito nenhum para perguntas difíceis. Recambio-os sempre para o pai...

      Excluir
  5. Podia ter corrido pior! Ahahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu à espera de uma grande tirada filosófica a que eu daria seguimento com mestria e saiu-me questão tão, enfim, terrena... :DD

      Excluir