terça-feira, 27 de maio de 2014

Ontem à noite tivemos de ir ao IKEA...

E pessoas que entre as 20h e as 20h15 estavam num raio de 3 km do Mar Shopping e ouviram uns urros de uma criança, a berrar a plenos pulmões que queria ir ao Mac Donalds... Éramos nós!

Lamento terem dado pela nossa presença dessa forma.

Não, não foi ao Mac Donalds, levou uma palmada no rabo (sim, sim, e poupem-me ao histerismo que eu já dei para esse peditório), foi para a cama sem história e vai estar dois dias sem o seu lança-teias... Afinal de contas ele herdou os maus fígados de algum lado (do pai evidentemente).

19 comentários:

  1. Eu acho que ouvi em casa, embora esteja ainda muito longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem provável, Vera. É bem provável..

      Excluir
  2. Respostas
    1. ui.... mas olha que há muito quem não goste nem admita tal coisa...

      Excluir
  3. Ihihihi... uma vez, em desespero de causa, péssima mãe que sou, disse ao meu filho, na altura pequenote ainda, que ele devia ser filho de gente parva. Pronto, e muito bem, relembrou-me que era mãe dele. Tive ligo de frisar bem que era filho de gente parva por parte do pai. Tudo esclarecido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahaahahaahahahahahahahahahahahahhahahahahahahahahahhahahahahahahhahahaahahahhahahah Muito bom!

      Excluir
  4. Uma palmada na hora certa, uma birra contrariada tira-te muitas preocupações futuras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho.... (Mas fala baixinho que senão ainda me invadem o tasco como da última vez que mencionei a palavra "palmada", que foi para aqui um arraial dos valentes.)

      Excluir
  5. Aqui em Lisboa ainda fez eco... :):):):):)
    Tadinho, eles são todos assim, nós é que começamos a ficar sem paciência ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chegou aí, não chegou? Eu bem disse ao meu homem que ainda ia fazer tremer o Cristo Rei, mas ele disse-me que eu estava a exagerar. Mas afinal... :DDD (aquilo não foi falta de paciência, foi a criança a esticar a corda mesmo...)

      Excluir
  6. Respostas
    1. Eu só gostava de saber onde é que os caríssimos andavam quando eu fui aqui vilipendiada pela brigada anti-palmada... :DDD

      Excluir
  7. Ah, estava a ver se vinha cá gente criticar a palmada para ter comentários mas já ninguém lhe liga nenhuma minha cara.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que foi mesmo isso... Caramba, que perspicácia anônimo!!!

      Excluir
  8. começa a ser cansativo estas bloggersarmadas em boas como a NM e a Picante e a Palmir que é sempre mais do mesmo, a ver se começam a variar os menus porque senão a clientela vai procurar outros tascos,
    eu por mim não volto cá ao seu blogue que é uma autêntica pasmaceira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, por favor, não me faça isso... Que posso eu fazer para reconsiderar??... Diga-me!! Fique só mais um bocadinho, por favoooor!!

      Excluir
  9. Palmadas? A sério? Mas como mãe, faz mesmo isso? Eu não acredito!
    Olhe... os meus treinaram logo pela manhãzinha, tipo pequeno almoço.
    Há alturas, em que eles apenas assim acordam e percebem que afinal, ainda não são eles que mandam.

    CM

    ResponderExcluir
  10. Assim é que é... A bela da palmada nas fraldas/cuecas, uma daquelas que dói mais a nós no coração do que no rabo deles... Mas no fim estamos a ganhar anos de vida e menos cabelos brancos (e eu que já tenho tantos...)!

    ResponderExcluir