sexta-feira, 26 de junho de 2015

Sorte.

1. Levas o teu filho ainda bebé ao hospital com uma pontinha de febre e umas manchinhas aqui e ali que tu achas que são do calor, para que te digam aquilo do benuron de 8 em 8, de 6 em 6 se for mesmo necessário ou intercalado com brufene em SOS, mas essencialmente para que te digam como lhe hás de aliviar o exantema e a respectiva comichão.

2. É visto pelo médico em menos de quinze minutos.

3. Vês no médico uma reacção que não esperavas. Análises. As manchas  já não são "inhas" e entretanto já lhe cobrem o corpo todo. A temperatura não desce dos 39°. Atribuem-lhe uma caminha...  Oh diacho! As análises dão negativas. Estranho... Vem o médico com um colega. Depois vem com outro. Contra-análises. Apesar de me sorrirem não lhes gosto das expressões. 

4. Horas depois vem-nos com um sorriso o diagnóstico: Escarlatina. De longe o melhor dos cenários, disseram-mo depois (e também o primeiro palpite dado o tipo de exantema). Caramba... Afinal "só" tinha escarlatina... (Tão no início que a bactéria nem tinha ainda afectado a garganta e nem nas primeiras análises foi detectada.)

5. Antibiótico. Em dois ou três dias fica fino, e, sete horas depois de ter entrado, saio do hospital feliz da vida.

27 comentários:

  1. as melhoras. O meu tb já por lá passou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada. Ele está bem. O antibiótico é altamente eficaz contra esta bactéria e tivemos sorte em dar com aquilo mais cedo. (O Jr. também ainda agora na Páscoa... Mas o caso dele foi diferente... Andava uma virose na escola e só o levei ao hospital já ele tinha mais de 24h de febre, quando se começou a queixar da garganta... :( as manchas só lhe apareceram depois. Já estava muito avançada e custou muito a curar...) o que me preocupou foi que as alternativas de diagnóstico eram doenças (mt) graves..mas isso eles só me disseram no fim.

      Excluir
    2. Pois eu tb apanhei o mesmo susto que tu porque também foi muito no inicio. Mas o que interessa é que é uma coisa normal e de fácil cura. :)

      Excluir
    3. É um alívio... Chiça...

      Excluir
  2. Respostas
    1. Obrigada ana. :) foi mais o susto. ele está a recuperar muito bem e rápido.

      Excluir
  3. Macaquita também teve este ano, nunca teve febre nem inflamação na garganta. Levei-a ao hospital (ao sábado não tenho pediatra) porque uma amiga que trabalha com miúdos me disse para a levar que era escarlatina. No hospital o médico duvidou porque ela não tinha febre, mandou-me aguardar até a febre aparecer, antes de iniciar o antibiótico, Na segunda seguinte continuava sem febre, levei-a ao pediatra, ia-me matando, só faltou chamar anormal ao colega. Era óbvio, segundo ele!!
    As melhoras do pequeno.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois. Segundo me tenho apercebido é um tipo de exantema muito característico. Quinze dias depois de o Jr ter tido o Baby ficou cheio de manchas. Levei-o logo ao médico convencidissima que tinha apanhado do irmão, mas mal lhe pôs a vista em cima o pediatra disse que não era, que as manchas não tinham nada a ver. (A mim pareciam-me iguaizinhas... :DDD)

      Excluir
  4. ML também teve. Foi de somenos e ficou boa num instante. As melhoras.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Uvinha. Está tudo encaminhado. (Mas sabes que a escarlatina era das principais causas de morte nas crianças antes de haver antibióticos? Ah pois... Deixando avançar não é pera doce não...)

      Excluir
  5. Carais! Beijinho grande das melhoras! Neste momento já deve estar fino ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada love. (Neste preciso momento está ali a desbundar-me a gaveta das tampas dos tupperwares... ;))

      Excluir
  6. Querida Nê, que susto deve ter apanhado.
    As melhoras para o Baby.
    Um beijo enorme pars si da

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já passou Pê. ;) Ele está a recuperar muito bem. Um grande beijo para todos.

      Excluir
  7. As melhoras...!
    Eles pregam-nos cada susto!
    O bom é que acabou tudo bem :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Tudo está bem quando acaba bem. :)

      Excluir
  8. Ehehehe, já vivi essa umas quantas vezes. Era o pediatra a apontar-me as manchas no peito e eu sem ver nada, mas ele insistia que sim, que a escarlatina andava nela, não vê o peito e a garganta? . É o que dá ter 45 anos de experiência e ser o melhor pediatra do planeta, em menos de 20 segundos percebeu o que tinha a petiza.

    ResponderExcluir
  9. Por falar nisto, sou mal-educada e não perguntei como está a criatura? Com antibiótico pela goela abaixo suponho que está bem mas prefiro perguntar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah a criatura passou o dia a pôr-me a cabeça em água, como se quer.. :D

      Excluir
  10. Ontem comentei mas o comentário eclipsou-se (é no que dá comentar no tlm e retroceder e coiso...)
    Espero que o baby já esteja fino,"meu" rico menino, e que tu também já estejas refeita do susto. Mãe sofre, caramba!!!
    Quanto ao apetite que falaste algures num post qualquer, cá em casa é igual, uma pessoa prega com o mais velho para ele comer mais e com a mais nova para que não coma mais...
    (Se Freud fosse vivo talvez tivesse uma explicação, ou então não...sei lá)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confirma-se Flor de Sal... Foram feitos um para o outro... :DDD (A "minha" rica menina já anda? ou tenho mesmo de começar a procurar umas joelheiras fashion para o dia do casório?)

      Excluir
  11. Anda nada. É uma preguiçosa (e fiteira- se estamos sozinhas e eu lhe dou um ralhete, olha-me muito séria, interioriza a mensagem e " vai à vida dela"; mas se o paizinho estiver, faz um beicinho que lhe chega aos joelhos e um berreiro descomunal)...
    A comerem assim estamos desgracadas. Não há orçamento que aguente

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. (Ai ela é dessas?! Ahahahahahahahah estás tão lixada... :DDD)

      Excluir
  12. O ano passado o mais velho teve escarlatina. No hospital passei exactamente pelo mesmo. Será difícil de detectar??? Como não tinha nada na garganta descartaram à partida... Mas afinal era mesmo. As melhoras do baby

    ResponderExcluir