segunda-feira, 27 de julho de 2015

Momento "Está a brincar comigo, não está?... Não?!! Como assim?"


"Esta criança não dá trabalhinho nenhum."

Educadora de Baby, relativamente a... Baby.

(...)

Hã??!

20 comentários:

  1. Pudera, faz os disparates todos em casa, quando chega à escola está de rastos já não mexe uma palha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas diz que mexe, que mexe muito até... Mexe é com jeitinho e graça... Coméqué possível??? (Graça cá em casa também teria... Senão estivesse a acontecer connosco...)

      Excluir
  2. Como a compreendo, cara NM. A minha filha, uma peste para comer mas que comia tudinho no jardim-escola, também catava legumes e verduras para a beira do prato, em casa, dizendo que as ervilhas e os tomates do João de Deus é que eram bons (juro que era mesmo assim que ela dizia!). :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahhahahahaha... Diz que o Jr. na escola também come salada... Sa-la-da... Diz. Eu só acredito se vir.

      Excluir
  3. Na volta a senhora gosta de correr atrás de crianças e não considera isso um trabalho mas um prazer! Ou então tens uma criança "bipolar" :D

    ResponderExcluir
  4. Nê, na escolinha são todos uns santinhos. Vá-se lá saber porquê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pressão de grupo para não serem os que se portam mal. Será? Mas este é tão pequenino. Não pode ser disso...

      Excluir
  5. Faz-me lembrar quando vou levar a minha filha com umas trombas (eu, não ela) e a queixar-me que ela faz uma birra desgraçada de manhã e que ela se porta mal, e elas a olharem para mim como se eu fosse doida porque a menina é um anjo e muito prestável faz tudo o que lhe pedem e até ajuda a auxiliar a arrumar as coisas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah são do piorio... :DD

      Excluir
  6. Pipocante Irrelevante Delirante28 de julho de 2015 12:20

    oh... a professora do meu mini-me escreveu na avaliação que ele (ou ela... o que será...) era extremamente tímido e tinha vergonha de dançar ou cantar para os colegas. Isto depois de uma soiree de ****** OST.

    ResponderExcluir
  7. Eu costumo dizer ás educadoras do meu pestinha que elas descobriram o botão para alterar o chip assim que ele passa o portão da escola. Em casa é um autêntico furacão, na escola quase um santo :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante28 de julho de 2015 18:34

      isso é porque é uma má mãe.
      Recomendo uns worshops e consultar alguma literatura sobre o assunto para corrigir a coisa.

      Excluir
    2. Eu os livros já os tenho... É preciso lê-los? Oh diacho... Pensei que tê-los na estante chegava...

      Excluir
  8. Sâo tão diferentes longe dos Pais!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh Teresa... Um minuto... Sabe o que é um minuto? Esta criança não pára quieta um minuto que seja....

      Excluir
  9. O meu também é a mesma coisa. Eu costumo dizer que ele me envergonha ao contrário, porta-se muito bem fora de casa e é o diabo em casa.

    Mas engraçado são os pais dos outros, que os filhos se portam muito bem em casa e são pestes na escola. Depois quando recebem recados na caderneta não acreditam e alguns ainda vão tirar satisfação à prof

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Queres então dizer que o teu filho... Desenvergonha-te??!! ;D

      Excluir