quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Já pensei muitas vezes nisto...

Já me questionei muitas vezes sobre a forma como uma pessoa culta, um estudioso, um erudito, quiçá filósofo ou assim, insultaria.

Por exemplo, ia Immanuel Kant muito sossegadinho lá na sua vida quando passa uma carroça com muita velocidade sobre uma poça de água, molhando-o todo. Ao Immanuel sobem-se-lhe os calores, dão-se-lhe os nervos, e insulta o carroceiro como?

Eis que se não quando surge-se-me um vislumbre... Uma espreitadela por entre os buraquinhos da persiana...


"Cafre", hã! "Cafre"! 

É um insulto muito bom... Vou levar para a vida. 

É que uma pessoa insulta, desopila os fígados e o mais certo é a outra parte não perceber e assim não se corre o risco de receber um pêro na mona como troco. Gosto muito.

39 comentários:

  1. Respostas
    1. "Aaaargh... Seu grandessíssimo cafre!!!" :DDD

      Excluir
  2. É uma palavra bem bonita! Eu também não conhecia e fui investigar. O significado denota algumas motivações religioso-racistas, ora vê:
    ca·fre
    (árabe káfr, ingrato, renegado, infiel, incrédulo, não muçulmano)
    adjectivo de dois géneros
    1. Relativo às populações não muçulmanas da África Meridional.
    substantivo de dois géneros
    2. Indivíduo de populações não muçulmanas da África Meridional.
    3. [Depreciativo] Pessoa negra.
    4. [Depreciativo] Pessoa rude. = BÁRBARO, SELVAGEM
    substantivo masculino
    5. Língua da Cafraria.

    "cafre", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, https://www.priberam.pt/dlpo/cafre [consultado em 16-02-2017].

    Como insulto alternativo sugiro: estultilóquio (acabadinho de pescar no Priberam)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também fui pesquisar que não conhecia...
      Estultilóquio também é óptimo mas não sei se com os nervos me lembrarei... "Seu... Seu... Eslóquio!! Não... Estulóquio... Não, não... Estúpido, pronto! Seu, seu... Estúpido!" :DDDDD

      Excluir
  3. Pois que jamais me ocorreria chamar cafre ao Pedro Strecht. Eventualmente a um frango, se estivesse com muita fome e passasse a um restaurante moçambicano. Agora ao Pedro Strecht?! Devia estar mesmo cego de raiva, o Carrilho.

    ResponderExcluir
  4. Que vergonha, gente mais parva!
    Mas olha, guardo o cafre junto ao peito, melhor, debaixo da língua :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito vergonhoso, não é?! Deus ma livre...

      Excluir
  5. O homem enoja-me tanto que nem consigo achar piada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É capaz de ser um bocadinho nada sociopata, é...

      Excluir
  6. Respostas
    1. Ahahahahahahahahahah Ahahahahahahahahahah também deves ser óptima a insultar tu...

      Excluir
    2. Também gosto de esbirro (pau mandado), pena não ser tão ofensivo como se deseja, mas tem uma sonoridade linda.

      Excluir
    3. Ah, e escáfia. Como é que me esqueci?

      Excluir
    4. "Esbirro"?! É óptimo para te responderem com um "Santinho!" e darem logo cabo do ambiente. (Ou "Biba!" se for no Porto...)

      Excluir
    5. E parvalhão?! Não gostas?

      Excluir
    6. Sabes que é... Erudição é o meu nome do meio. ;p

      Excluir
    7. Eu prezo muito o "imbecil". Descobri que grande parte da população portuguesa não sabe o que quer dizer imbecil. Sim, eu sei, é incrível :D

      Excluir
    8. Ding! Ding! Ding! Acho que temos vencedor, Lulu! Imbecil é um insulto bem competente... É forte, mas não deixa de ter uma certa classe... :DDD pronto, está decidido, vou guardar o imbecil!! Muito obrigada. Isto não há nada como uma pessoa partilhar pontos de vista. :D

      Excluir
  7. A única coisa que consigo pensar é na ajuda que o Carrilho deu ao advogado da Bárbara...

    ResponderExcluir
  8. Não conhecias? Sua ignorante, como é possível?
    (eu gosto particularmente de poltrão e de biltre...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas conhecia os outros todos... Em 4 insultos de filósofo, só não conhecia um. Achas muito mau?

      Excluir
  9. Respostas
    1. Nhonhinhas?! Nho-nhinhas??!! Ahahahahahahahahahah Ahahahahahahahahahah Ahahahahahahahahahah ai que me fino aqui... :DDDD A sério, Maria. Se um dia precisares de insultar alguém, por favor não te lembras de nhonhinhas... A sério... É capaz de ser o pior insulto de sempre. É insultuoso para a arte de insultar, insultar-se alguém com nhonhinhas...

      Excluir
    2. Nhonhinhas? Espectacular! Tão bom! Posso adoptar?

      Excluir
    3. Adoptemos o nhonhinhas!
      É um mote giro. :)

      Excluir
    4. Oh pá, desculpai lá. Mas até para mim, que sou uma nhonhinhas, isso me parece um insulto muito... nhonhinhas, vá... É para insultar, não é para darmos motivos de chacota! ;DD

      Excluir
  10. As coisas que tu imaginas e que o universo te dá assim de presente. É um insulto que eu também desconhecia. Bruto mas culto, se faz favor! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou supé influente, eu. Nem imaginas! Eu questiono, o Universo dá de bandeja! :DDDD

      Excluir
  11. Respostas
    1. Ahahahahhahaahha Ora bolas.. uma das minhas pessoas também e não me estou a conseguir lembrar de quem é...

      Excluir
  12. Cafre é genial e tenho dito! Eu confesso que as minhas ofensas são sons aleatorios como arghhhhh...mas Cafre fica agora ali lado a lado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ora, ora... Caramba Nada... Ora seja muito bem (re-)vinda... Isso é que foram umas blogo-férias, hã?! :))))))))

      Excluir
  13. As coisas que se aprendem nos blogs... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nalguns mais que noutros, mas pronto... :DDD

      Excluir