quarta-feira, 29 de março de 2017

Começo a achar que exagerei naquilo de o educar para o sentido crítico...

[Baby] Mãe, vai-me buscá a pastichina...

(Plasticina)

[NM] Ui... E então é assim que se pede?! Não falta aí uma palavra, nem nada?

[Baby] Fáchabôr...

[NM] Ah, bom... Estava a ver...

Mete-se o Jr., todo lampeiro, na conversa.

[Jr.] Claro mãe... "Faz favor" é uma palavra... Ahã!... Se achas que isso é dar boa educação...

(...)

Cansa-me... Este miúdo às vezes cansa-me!



14 comentários:

  1. O mais grave é que a tua área de formação é a matemática, devias saber contar até dois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só show off... Percebo tanto de números como de lagares de azeite. :DDDD

      Excluir
  2. Incrível!

    (Fascinam-me estes episódios que tão gentilmente partilha connosco )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahah À merdinha, sim?!

      Excluir
  3. Pipocante Irrelevante Delirante29 de março de 2017 18:47

    Faxavor não é palavra? Nem no Antigo Acordo?
    Ora gaita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No antigo acordo era, sim. Por isso eu o disse. Já gaita era separada e agora é que juntou...

      Excluir
  4. Respostas
    1. bem te dizia eu no outro dia que ao mais novo dou fraca educação.. :DDDD

      Excluir
  5. Afinal o miúdo não é só bom a matemática, não sei do que reclamas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois não. Também é óptimo a moer-me o juízo. :DD

      Excluir
  6. Por acaso, dito como o baby a disse, até é. :D :D :D

    ResponderExcluir
  7. Adorei o pormenor do b. FáxaBôr :DDDDDDDDDDDDD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui, estão cá com um suôtuáque... Já me lembrei de pedir uma indenização à escola... :D

      Excluir