segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

O meu problema em ter um blogue...*

... é que não sei o que é que hei de fazer dele. Sinceramente... Não sei!!

Perguntou-me há três ou quatro dias o meu estimado homem: "Mas qual é o teu objectivo com isto, mesmo?". Responderia hoje o que lhe respondi na altura: "Pois... Não sei. Tenho de ter um?".

A verdade é que eu nunca poderia ter um "baby blogue", ou um "fashion blogue", ou um "blogue de humor", ou um "blogue tipo diário", ou um "blogue sobre relações", ou um blogue de (como é que é?) lifestyle e/ou auto-ajuda (sabem? aqueles dos mirtilos?)...

Portanto... Não sei o que vos diga sobre o que daqui podem esperar (nada de jeito, provavelmente).

Assim sendo, e porque eu sou uma mulher organizada, resolvi estabelecer um plano para os próximos dias aqui para o sítio. Então, tirando algumas parvoíces que certamente me irão apetecer dizer (a par de algum ataque de seriedade e sisudez que me possa dar, que isto não anda propriamente fácil), vou listar as razões que me impedem de ter um blogue "temático" como os que refiro em cima.

Temo que me possa vir a expor mais do que o que gostaria, mas pronto... Assim ficamos já esclarecidos! Se gostarem óptimo, e eu tenho muito gosto em vos receber por aqui. Se não gostarem temos pena, mas é o que há e assim não enganamos ninguém... Está bom assim?

Então pronto, estamos combinados! Amanhã explico porque é que isto nunca poderia ser um "baby blogue", depois o que me impossibilita de ter um "fashion blogue" (ahahahahahahahahahahahahah, deste até já me estou a  rir, só de me imaginar a blogar sobre farpelas) e assim por diante.

Pode dar-se o caso de eu não ter tempo de escrever sobre isto em dias consecutivos mas tenham lá paciência que uma mulher tem mais que fazer da vida (inclusivamente isso de ter que trabalhar para pôr pão na mesa) e o meu tempo, tal como o vosso, não estica.

Que tenhais uma óptima semana que eu também vou fazer por a minha correr "sussugada".

* Post inspirado num comentário de uma "Anónima da Picante" (auto-denominação).

39 comentários:

  1. De todas as vezes em que me perguntaram o mesmo, respondi como tu, "sei lá, é preciso ter um?"
    E pelas mesmas razões que tu também eu não poderia ter um blogue temático (ao contrário do que pensei no inicio em que imaginava que poderia/conseguiria mesmo escrever sobre o sexo e a idade - esses posts já não existem há muito tempo).
    Leva o andor com calma e continua como tens feito que isto está a correr bem.
    :DD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O meu problema é a falta de estratégia... O marketing sexinho, o marketing... Como faço? Quem me oferecerá contratos milionários de publicidade, hum? Tenho de orientar mais a coisa, não é? Por este andar nem daqui a 10 anos me safo com isto... :DD

      Excluir
  2. Disseram na rádio que hoje é suposto ser o dia mais deprimente do ano. Pois eu cá acho que este blog é um excelente antídoto para a depressão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui... Não vás por aí... Às vezes dá-me com cada camoeca que só me apetece ficar na cama (Mas depois lá me lembro que tenho um para criar e outro para parir e lá me levanto... E de cara alegre!).

      Excluir
  3. Mas porque e que tens de o rotular de alguma coisa??? Deixa rolar, logo vez para que lado pende ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É por causa daquilo da publicidade como expliquei à Sexinho... Tu não percebes? Assim fica muito confuso para as marcas e eu nunca mais vou poder viver disto... É isso que me aflige pá... É isso! :DDD

      (Tens razão e é mesmo isso que vai - está a - acontecer.)

      Excluir
  4. Desculpa, mas se não vais escrever sobre os melhores mirtilos do mundo, servidos com o melhor iogurte do mundo, e a melhor granola do mundo, na melhor casa do mundo, ao melhor filho e marido de sempre, este blogue não é para mim.
    Adeus...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ter ido googlar o que é "granola" responde ao teu comentário não responde? :D

      Excluir
  5. NM, faça o favor de dizer se as minhas Picantetes não se portarem convenientemente consigo, eu corro logo com elas, ok?

    (eu tenho um blog porque me farto de rir com ele e gosto desta interactividade com desconhecidos, alguns dos quais que se tornam uns "quase amigos")

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até ver as suas picantetes têm sido umas queridas!...

      Excluir
  6. Ou seja, não tem nada para dizer, mas quer dizer na mesma, não é?
    Mas porque raio não aprendem as pessoas a ficarem caladas, se não têm nada de jeito para dizer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizia eu... "Se gostarem óptimo, e eu tenho muito gosto em vos receber por aqui. Se não gostarem temos pena, mas é o que há e assim não enganamos ninguém... Está bom assim?"

      Excluir
    2. Pois, quando começam a ter que se explicar e justificar, algo vai mal. A Picante também já teve que entrar por esse caminho.
      Não é um bom sinal e ficam demasiado parecidas com o Coisinho...

      Excluir
    3. E o Sócrates? Que diz que não é engenheiro?

      Excluir
    4. Aí caramba, eu já expliquei porque me dei ao trabalho de explicar, coisa totalmente inédita pelo sítio. Se não percebeu eu posso explicar novamente, hoje tenho tempo e posso perdê-lo consigo...

      Excluir
    5. Consigo converso lá no "seu cantinho", sim Pipoquinha?

      Excluir
    6. Quem diria, hein?

      Excluir
    7. Oh, por quem sois... Estejam à vontade...

      Excluir
    8. Diz que sim anónimo, diz que sim...

      Excluir
    9. Mas sabe-o de fonte segura? Veja lá isso, cuidado...
      Se calhar é melhor acrescentar "alegadamente". Nestas coisas, um "alegadamente" fica sempre bem.


      (eu também estou a gostar muito de estar aqui a desconversar consigo. Espero que esteja a ser tão bom para si como para mim.)

      Excluir
    10. Estava a dizer o quê mesmo? Desculpe tê-lo deixado pendurado, mas entretanto tive de tratar de vida...

      Excluir
    11. Devolvo-lhe a pergunta: eu falava de pessoas que, não tendo nada para dizer, ainda assim não ficam caladas.

      E a NM? Estava a dizer o quê, mesmo?

      Excluir
    12. Olhe não sei... Entretanto esqueci-me!

      Excluir
    13. Pois, era disso que eu falava: claramente não tinha nada para dizer, prova disso é que até se esqueceu, mas continuou a falar.

      Excluir
    14. Sabia que a fotossíntese foi descoberta quando se verificou que uma vela colocada dentro de um frasco fechado não se apagava, desde que houvesse também no frasco partes verdes de plantas e o frasco estivesse exposto à luz?
      (Ai... Não me diga que não gosta de biologia...)

      Excluir
    15. Gosto de tudo o que seja desconversar. Biologia também serve. Mas há temas tão, mas tãããão melhores... Não me diga que não conhece nada mais interessante? Já que é para falar de nada...

      Excluir
    16. De nada? Como se atreve? E logo a fotossíntese que é fundamental para a vida humana... Se ainda falasse de roupas da Zara ou assim...

      Excluir
    17. Ah, não, Zara nem pensar. Eu abasteço-me ali na feira, nos ciganos, ou pensa que posso frequentar essas lojas chiques onde as meninas finas dos blogues se vestem? Fique descansada que não nos cruzaremos por lá.
      Mas já que é para estarmos aqui à conversa a encher chouriços, podemos, talvez, falar do tempo, diz que é sempre um bom tema. Ainda há pouco ouvi dizer que se amanhã não chover vai estar um rico dia. Que lhe parece?

      Excluir
    18. Olhe, parece-me que hoje estou sem paciência para si. Por isso, vamo-nos ficar por aqui, comigo a dizer a última palavra porque aqui o tasco é meu. Escusa bem de responder que não lhe publico mais nada. Continuação. É questão de ir passando e tentar outro dia.

      Excluir
    19. Ah, eu bem me queria parecer que são todas iguais e no fundo, no fundo, todas farinha do mesmo saco. Tudo narizinho arrebitado, arrogância a tiracolo, a ultima palavra é minha, lápis azul em punho, tirania à vista e daqui me sirvo.

      Tudo igual. Logo hoje que eu deixei um comentário elogioso ao seu tasco lá "no cantinho" da Picante (vamos a ver se ela publica, vamos a ver se ela publica...).

      Mas deixe que lhe diga: ainda agora abriu a loja, se se deixa desanimar assim e por tão pouco... prevejo-lhe muita, muita dor de cabeça no seu futuro próximo.

      Digo-lhe eu, que tenho cá os meus dons de adivinhação...

      Excluir
    20. Olhe anónima, vá à merda!

      Excluir
  7. http://pipocomaissalgado.blogspot.pt/2014/01/a-iniciar-carreira-nisto-dos-blogs.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu vi, eu vi... E o anónimo facilmente pode ver que eu vi...

      Excluir
    2. Eu vi que viu. E que não percebeu.
      Ele referiu que é nova nisto - nisto, dos blogues.
      Não disse que era nova no blogue dele, que ele tem olho.

      Nada de muito grave (sorriso condescendente).

      Excluir
    3. Pronto, eu acho que não foi nada disso mas deixe lá... Isto das opiniões já sabe como é...

      Excluir