quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Ainda os de direita e os de esquerda.

É espreitar...

O que os eleitores “querem”.

9 comentários:

  1. Opa, fora questões de ser ou n a solução ideal. Têm todos a noção q "isto" (q nem sequer é uma certeza) já foi feito em vários países, n têm?
    E que nós elegemos deputados.
    Que n concordem é uma coisa. Acho normal. Que estejam chateados tb comprendo.
    Agora ler como tenho lido q isto é inconstitucional, q é um golpe de estado, q n compreendem como é q quem perde pode na realidade vir a ganhar.
    Epá, já tou como diz o JMT, tomem lá um xanax (e n digo q sejas tu q o tenhas de tomar, atenção) e já agora informem-se p n dizerem tantas barbaridades. (Tb n é p ti a boca, é um desabafo das resmas de coisas q tenho lido um pouco por todo o lado)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deita cá para fora... :DD
      Aquele post é só uma análise factual. (Os escaparam-me juízos de valor?)

      (Não te preocupes que não me assenta a carapuça... Já sabes que eu sou das que respeita. Concordando ou não, respeito.)

      Excluir
    2. E sim, mesmo que se forme um governo de esquerda é constitucionamente legítimo. O PR é soberano na decisão. Se concordo, não. Mas isso são outros quinhentos, é (só) a minha opinião.

      Excluir
    3. Exacto. Eu compreendo perfeitamente q n concordem. Quer pessoas de dta quer de esq.
      Agora, andarem p ai (o feed do FB é deprimente, bem como alguns blogs e seus comentadores) a dizer q isto n é normal. É contra natura. Fonix, é só uma merda q ja aconteceu em mtas outras sociedades democráticas.
      N achei q enfiasses a carapuça :) mas estando a usar o teu espaço, achei q devia clarificar (eu sei lá se tu tens póneis defensores q depois me vinham cair em cima ou quiçá rebentar o meu blogue 😅)

      Excluir
    4. Tranquila... Eu protego-te!! :DDD

      Excluir
    5. Eu sei que não é golpe de estado mas parece.
      Honestamente acho que em situações como a que estamos a viver, a meu ver o ideal seria os partidos reoganizarem-se, estabelecerem coligações, apresentarem o verdadeiro programa que vão seguir nessa coligação e irmos a votos de novo.
      Só assim seria uma verdadeira democracia. Isto porque quem votou, por exemplo, no BE pode ter votado para sair da UE e quem votou no PS quer lá ficar... desculpem-me lá mas esse "pormenor", entre outros, acho que são demasiado importantes para não nos sentirmos enganados. Talvez uma grande parte dos votos do BE neste momento já migrassem para outros partidos unicamente pelo facto de tão facilmente esquecerem todas as promessas (e o próprio programa) só para conseguirem ter poder.

      A mim só me reforça a ideia que é tudo uma cambada jeitosa...

      Excluir
    6. Sim, é verdade... Olhe... Se arranjar um tempinho hoje vou escrever um post sobre eleições.

      Excluir
  2. Pipocante Irrelevante Delirante16 de outubro de 2015 11:46

    Isso de esquerda e direita só no alfaiate...

    ResponderExcluir