segunda-feira, 5 de outubro de 2015

E começar a respeitar a opinião alheia, ao invés de só alardear esse "conselho" de dedinho esticado e nariz empinado, não?

(A PaF (essa força política extremista) foi o partido com maior percentagem de votos e... Enfim, resumindo...)

As pessoas de direita são más e por causa delas é que isto está como está.  Às pessoas de direita nada de mau lhes toca, não conhecem o país real e julgam-se superiores a tudo e todos, lá no mundo dourado delas. As pessoas de direita não fazem voluntariado e querem o dinheiro todo para elas. Vão à missa todos os Domingos e gostam de touradas. As pessoas de direita são sádicas e fúteis. E católicas. Todas. E dão pontapés em gatos e cigarros a fumar a sapos. As pessoas de direita não gostam de se chegar perto de pobrezinhos porque cheiram mal. E não gostam de ver pessoas a pedir nas ruas porque estragam a paisagem. Se pudessem, as pessoas de direita escondiam os pobrezinhos lá nuns bairros só para eles. As pessoas de direita são do Sporting. E não gostam de arte. Porque não percebem. As pessoas de direita não querem saber nada disso do desemprego porque são rycas. Bué da rycas. Todas. E usam peles. E têm casacos de vison. E são incultas. E não lêem. E têm as estantes decoradas com peças da Vista Alegre e escolhem os livros pela cor da lombada. As pessoas de direita não têm coração e comem carne. As pessoas de direita nem dão esmolas porque querem o dinheiro todo para elas. Nunca se fartam de dinheiro. As pessoas de direita exploram sempre que podem. As pessoas de direita não criam emprego, as pessoas de direita escravizam. Se pudessem, as pessoas de direita corriam com os imigrantes à biqueirada ou metiam-nos num cargueiro sem fundo para o Brasil, "Cá agora a roubar o nosso emprego e a respirar o nosso ar e isso.". As pessoas de direita são contra o acolhimento de refugiados e acham muito bem aquilo da vedação lá na Hungria. As pessoas de direita cumprimentam-se com um beijo, tratam-se sempre na terceira pessoa e dizem "côrrore" quando vêem alguém com poucos dentes! Os filhos das pessoas de direita andam em colégios e são ensinados logo desde pequeninos a não ajudar o próximo e a ser interesseiros e ignorantes e a pôr amaciador no cabelo. Todos. As pessoas de direita não pensam nas coisas realmente importantes porque estão sempre muito entretidas a polir as pratas. As pessoas de direita são más e nunca praticam o bem, nem quando dormem, nem sabem o que significa solidariedade, nem dinamizam instituições sem fins lucrativos, nem fazem voluntariado nem trabalho comunitário nem nada. E as que fazem é só para se exibir.

(Mas, mas... No distrito de Bragança, a PaF teve 49.41% dos votos...)

Pois, porque as pessoas de direita são praticamente analfabetas de tão desinformadas que são. As pessoas de direita moram lá para cima para as aldeias, lá para Trás os Montes, não lhes chega a informação nem o conhecimemto e coitados, votam no lado do Salazar porque, enfim, não conseguem pensar em nada de jeito, preocupados que estão com que o bicho não se lhes pegue às couves e se ainda têm gásoil para o tractor. De certeza que as pessoas que votaram à esquerda, lá nesses distritos atrasados são as que têm acesso à internet e página de facebook e isso... De certeza!

(Resumindo...)

As pessoas de direita são burras. E incultas. E tacanhas. E egoístas. E más. As pessoas de direita são todas más. E rycas. As da cidade. As da aldeia são ignorantes. Coitados.

Havíamos de fazer alguma coisa para impedir as pessoas de direita, esses nazis assassinos, de votar nas próximas eleições. Isso é que era... Bora fazer uma petição?

53 comentários:

  1. Ainda me lembro do tempo em que eram os de esquerda que comiam criancinhas ao pequeno-almoço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pronto. Não mudou nada então. Só os maus da fita, claro.

      Excluir
    2. Ahahahahahaahhah!!! muito bom!!!!

      Excluir
  2. Querida NM,
    O que me ri com estas verdades absolutas. A veemência do discurso é arrebatadora. Consigo, aprendi que os sapos fumam. Tudo o resto, é uma espécie de "conhecimento geral", só que sem a parte do quem quer ser milionário.
    Um beijo,
    Outro Ente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Trigo limpo, farinha amparo Outro Ente! Os de direita (?) são assim. (Não sabe da história dos sapos?? Diz que fumam, fumam até, enfim, explodirem. Diz que, que eu nunca vi... Dizem que não conseguem expelir ar... )

      Excluir
  3. Respostas
    1. É... Vou bordá-lo a ponto de cruz e pô-lo na casa de banho, como diz uma amiga minha. ;)

      Excluir
  4. Estou aqui a bater palmas a este texto.

    ResponderExcluir
  5. Respostas
    1. Me... Será... Mas cheguei a ler epítetos como "assassinas", "xenófobas" e "sociopatas", como se tivesse ganho o PNR... Tudo bem que vozes de burro não chegam a céu e uma pessoa não pode dar importância a tudo quanto se escreve... Mas porra pah... Cansa... Cansa tanta superioridade moral de uma ala da esquerda que acha que existe para pregar e iluminar caminhos de gente estúpida (i.e. quem não pensa como eles), como se houvesse assim taaanta diferença entre quem vota PS e quem vota PSD... Pah, não há... São iguais.

      Excluir
    2. Epa isso acho exagero. Mas admito q qd uma pessoa está transtornada sai mto disparate. Eu sinto mta vergonha destes resultados, especialmente devido ao facto de quase metade da população n ter ido votar. É algo que me choca mto. Tb me chocaram alguns votos no PaF, n nego, mas cujo choque se prende com o discurso q ouvi durante estes 4 anos a determinadas pessoas q, a menos q n façam ideia do programa eleitoral em q votaram, n se coaduna mto com o voto q fizeram. Mas pronto. E sim, nesse ponto tens mta razão, PS e PSD, embora tenham ainda assim mtas diferenças, n têm nem de longe as diferenças q deviam ter.

      Excluir
    3. Mesmo isso da abstenção Me... A dada altura há que respeitar os que acham que, enfim, não vão lá fazer nada que a porcaria é toda a mesma... Não concordo. Já fiz centenas de kms para votar, mas há que pensar nas causas que levam à abstenção, mais do que atirar pedras e apontar dedos.

      Excluir
    4. É verdade, votam se quiserem. A mim dá-me verfonha alheia. Tantos países no mundo em q as pessoas n podem exercer este dto. Mas o meu insulto é esse. Revoltam-me. Se acham q n vale a pena, facam qq coisa. Saberiam eles o q acontecia com 50% de votos em branco? Se é esse o caminho q seguem. Incomoda-me vuver num país onde se baixam os braços, mas n lhe vou chamar xenófobos por isso. Nem aos q votam PaF (ou n por isso, pelo menos).mas compreendo o q queres dizer. Percebo q houveram mtos exageros nos insultos.

      Excluir
    5. A questão Me é que o que nos une é muito mais que aquilo que nos separa, já diz a canção. A grosso modo queremos todos o mesmo. Preocupamo-nos todos com o mesmo... desemprego, a precariedade laboral, a pobreza, a especulação... E em vez de nos unirmos e lutarmos todos por um futuro melhor e mais digno o que fazemos? Insultamo-nos nas redes sociais porque em vez de se ter votado centro-esquerda, se votou centro-direita... E assistimos impavidos e serenos como se fosse a coisa mais normal do mundo a um ex-primeiro ministro e outro ex-ministro a irem votar com escolta policial. Enfim... Isto é que me dá vergonha. Esta nossa passividade bacoca de comer e calar é que me dá vergonha.... Mas olha... Sabes uma coisa? Começo a achar que só temos o que merecemos. É duro. Pois é.

      Excluir
    6. Mas sim Me... Isso que dizes dos votos em branco é uma verdade. Seria estrondoso.

      Excluir
  6. Finalmente um texto a chamar os bois pelos nomes!
    :))))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faaarta dos teórico-iluminados de esquerda... Farta!

      Excluir
  7. Excelente texto. Parabéns
    Ana

    ResponderExcluir
  8. Fiquei baralhada.... Não sei se sou de direita se da esquerda.... Não gosto de touradas, mas não dou pontapés em gatos."corrore".., vou à missa todos os domingos mas acho que se devem acolher os refugiados.... A minha filha anda num colégio mas, infelizmente não sou ryca! Ajuda -me Nê, o que sou eu?Em quem devo votar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ana... Estás numa encruzilhada terrível... Tens de resolver a tua vida mulher... :DD

      (Precisamente... A maior parte das pessoas não são de esquerda nem de direita... São do que lhe parece melhor opção para aquelas eleições em particular. Mas há quem goste muito de catalogar... E de atirar pedras.)

      Excluir
  9. A Pirosa Mais Doce5 de outubro de 2015 22:44

    Eu tenho cá para mim que quem votou no PAF foram os militantes do PNR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah parece que sim, parece que sim... Afinal são mais do que se imaginava...

      Excluir
  10. Bateu uma saudade do Manual dos Inquisidores... Do livro. Dos meus preferidos de sempre.

    ResponderExcluir
  11. Ia dizer uma coisa mas esqueci-me...
    (Muito bom texto, e viva Bragança!!! e as alheiras com batatas cozidas e grelos :) )

    ResponderExcluir
  12. Sobre preconceitos e estereótipos, mais um contributo:http://estadosentido.blogs.sapo.pt/eu-e-que-estou-chocado-3630437

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim... Isso de não querer governar é outra... Eles falam falam falam mas não os vejo a fazer nada...
      Obrigada pela partilha.

      Excluir
  13. Pipocante Irrelevante Delirante6 de outubro de 2015 14:01

    Dos meus amigos, nenhum gosta de zumba.
    Dos meus amigos, nenhum é do pnr.

    Coincidência?
    Ou toda a gente que gosta de zumba é do pnr?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah oh PID, havia de ir trabalhar lá para um daqueles sítios das sondagens...

      Excluir
  14. As pessoas de esquerda vestem-se mal, não se penteiam, não lavam a cabeça, são porcas, usam roupa da feira, pulseiras de missangas e flores no cabelo.
    As pessoas de esquerda são do Benfica, comem com as mãos, não sabem usar os talheres, arrotam em público, falam alto, não sabem ser discretos.
    As pessoas de esquerda só gostam de cinema independente, da Festa do Avante e de bares esconsos no Bairro Alto.
    As pessoas de esquerda não podem ter um bom carro ou uma boa casa, que ouvem logo bocas do género: "então não vais partilhar isso com os outros?"
    As pessoas de esquerda não podem ganhar bom ordenado e estão sempre revoltadas com tudo e todos.
    As pessoas de esquerda são contra a propriedade privada, mas têm um automóvel, os hipócritas!!
    As pessoas de esquerda têm a mania que são superiores, esses comunas de merda.
    As gajas de esquerda são umas lésbicas histéricas, feias e invejosas.

    As generalizações são todas estúpidas e redutoras.

    P.S. Sou de esquerda, sou do Sporting, gosto de coisinhas boas, não sou lésbica e já fui mais gira, agora estou um bocado "belha". E não divido as pessoas em esquerda e direita.
    O teu texto está muito giro :-) :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah ahahahahahahahah ahahahahahahahah Boa!!!! :))

      (Mas as meninas do BE e a JAM são giras e arranjadas... Lá se vai isso de as mulheres de esquerda se vestirem mal... ;D)


      (E desculpa lá dizer-te isto assim a frio.... Mas se és do Sporting, és de direita! Não te iludas! :D)

      Excluir
    2. Bom, se calhar sou um bocadinho ;-)

      Excluir
    3. Vês... O teste do Sporting é como o do algodão, não engana! :D

      Excluir
    4. Bolas! E eu que sou do Benfica e acho que sou de direita! Também é incompatível??? ;)

      Excluir
    5. "Desquece!"... Vais ter de optar.... ;D

      Excluir
  15. Nem vale a pena. Se ganhasse a esquerda era o bando todo a gritar: pobrezinhos, vamos à bancarrota, vão começar a dar subsídios a torto e a direito, comunas de merda, hipócritas...

    Deixem-se disso. A vossa indignação aqui nos blogo-amigos é mais do mesmo. Política, futebol. equipas e clubes em geral... as pessoas acham-se todas donas da razão e mais inteligentes do que as restantes. O amor à camisola tapa os olhos a todos. Deixem-se de merdas e não contribuam para a estupidez da internet, por favor.

    Democracia é aceitar que ganhou a coligação mas que a esquerda toda junta teve muitos mais votos. Pensa nisto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro. Se ganhasse a esquerda era mesmo isso que eu ia fazer. Pôr me aqui aos berros a gritar impropérios contra os esquerda ou a bater palmas aos que o fizessem. Pois era. Até é isso que eu quero dizer com este post...

      (Não me conhece pois não? Se há coisa que eu sou é democrata... Vasculhe por onde vasculhar e diga-me onde encontra indícios contrários a isso da minha democracia... )

      Excluir
    2. E sim, houve mais votos na esquerda. E então? Foi a vontade do povo. Eu refiro-me a isso em algum lado? Não me parece...

      Excluir
    3. A esquerda no seu total teve mais votos. Mas as ideologias de um BE ou de uma CDU são muito diferentes de um PS... talvez pensar nisso também não faça mal.

      A diferença entre as ideologias da coligação ou do PS parecem bem mais parecidas do que as ideologias do BE, por exemplo.

      Excluir
    4. É preciso pensar em muita coisa... Também é preciso pensar no que motiva as pessoas a não irem votar... Não podemos partir do princípio que são todos uma cambada de desmiolados que preferiram ir passear para o centro comercial... Pode haver questões mais profundas. Pode haver questões relativamente fáceis de resolver... Eu já fiz centenas de km para ir votar porque trabalhava (temporariamente) num sítio e tinha residência oficial noutra... Quanta gente tem disponibilidade para isto?

      Excluir
  16. Votei PAF, que nem sequer considero "direita". Em jovem, como a maioria, julguei-me de esquerda, depois cansei-me das tretas e percebi que para haver estado social, é preciso PRODUZIR, respeitar quem trabalha, em vez de só roubar em taxas e impostos (por isso a PAF me parece mais de esquerda que de outra parte qualquer).

    Na verdade, estou-me nas tintas para as direcções, o que eu quero é soluções, caminhos, e é nesse trajecto possivel que sei que me chego mais perto dos neo-liberais (conceito económico muito mais adequado, do que esta treta de direita a cheirar a sacrsitia, até porque partilho o respeito/vontade por grande parte das liberdades individuais, ditos de esquerda)

    Obrigada pela texto.

    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exacto. Se nos preocupassemos mais com os caminhos em vez de andarmos à turra e à massa com rótulos, talvez as coisas fossem de outra forma. Para nós o castigo dá-se nas urnas... Durante quatro anos fazem o que querem e bem entendem e depois... Enfim... Nós chegamos às urnas e mostramos-lhe o nosso descontentamento. E depois entram outros iguais, fazem outra vez merda e nós esperamos pelas próximas eleições para votar no outro um bocadinho mais ao lado. E depois mais umas eleições... E enfim vira o disco e toca o mesmo.

      Excluir
  17. Ai minha rica afilhada, que maravilha de texto, haverias de o enviar para o Jugular ou lá o que é.
    (amei e estou com vontade de o enviar a meia dúzia de intelectuais que conheço...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostastis? ;)
      Já me lembrei de mais mil e duzentas coisas que as pessoas de direita são ou fazem... Devia ter pensado mais no assunto antes de publicar, mas foi como me saiu com as fúrias... ;D

      Excluir
    2. Têm hate blogs, claro. Não sabias que os hate blogs são todos de gente de direita?

      Excluir
    3. Ahahahahahahahah olha... Essa não me tinha ocorrido... :DDD

      Excluir
  18. pormenor sobre "arear as pratas": as pessoas de direita não fazem isso. mandam as criadas (sim, estas, não as empregadas...)

    ResponderExcluir