quarta-feira, 25 de junho de 2014

True Story - O Mariquinhas

Eu sou pessoa dada a mal-entendidos e a coincidências do demo. Sou, pois sou... Nem imaginais a quantidade de vezes que já tive de dizer... "Lamento, mas isso foi pura coincidência..." 

Ainda na Segunda feira.... É que não teve piada rigorosamente nenhuma... Aliás, só não enterrei a cabeça no chão porque o passeio era de betão e era capaz de me magoar... Passo a explicar.

A calçada estava molhada e o Jr. escorregou, caiu e ia começar a chorar. Mas caiu devagar, era óbvio que não se tinha magoado, estava apenas assustado.

[NM] Vá Jr... Não te magoaste, não sejas mariquinhas...

[Jr., que nunca deve ter ouvido tal palavra] "Mariquinhas"???

[NM, para ver se lhe desviava definitivamente a atenção do choro] Sim, mariquinhas... Até há uma música... "Mariquinhas, vem comigo para a Angola"*...

Lai-lai-lai-lai missão cumprida, que aquilo entrou no ouvido do miúdo que começou a cantar ininterruptamente, todo contente e já sem sombra de choro. 

Entretanto, precisámos de atravessar uma passadeira perigosa. Ele dá-me a mão, concentra-se a ver se vêm carros e cala-se durante instantes. Já no outro passeio, dez ou quinze metros depois, passa por nós um rapaz muito (mas mesmo muito) efeminado... 

E nesse preciso momento o que é que começa o Jr. a cantar a plenos pulmões?? 

Exactamente... "Máriquinhas vem cómigo prángola. (...) Máriquinhas vem cómigo prángola..."

O rapaz? O rapaz aperta a pochete (eu disse-vos!) com toda a força com o braço e fulmina-me com o olhar...

Eu? Oh páh... Eu fiquei tão, mas tão, envergonhada... Limitei-me a olhar para o chão... 

Eu que educo, com toda a convicção, os meus filhos para a aceitação de diferença... Cada um é como é, e os outros só têm de aceitar... E aquela pessoa ficou a achar que eu educava os meus filhos para achincalhar e gozar os diferentes... Caramba... Fiquei mesmo mal disposta!!

Agora, dizei-me... Qual é a verosimilhança desta sucessão de acontecimentos?? É o que eu vos digo... A mim acontece-me com cada uma... Algumas têm piada, outras nem por isso... Esta foi dessas, das "nem por isso"...


* Sim, sei que é "Mariquinha", mas "Mariquinhas" dava-me mais jeito na altura. 

9 comentários:

  1. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahshahahahahahahahahahahah

    Pois eu cá achei mesmo muita graça.
    (e o mariquinhas também teria achado se não fosse demasiado sensível...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahah... Lá está, como foi comigo tem um piadão do caraças, não é? (Mas não teve... O rapaz ficou ofendido e não havia necessidade...)

      Excluir
  2. Ahahaha eu também sou daquelas que acredita não acredita no determinismo do ser humano e no "nada acontece por acaso". Mas foi realmente uma sucessão de eventos curiosa. Agora tem piada, mas tenho a certeza que na altura deve ter sido altamente constrangedor. Ehehe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh... Pois foi... Mas nem imaginas a quantidade de coisas deste gênero que me acontecem...

      Excluir
  3. lololol, o universo é tramado!
    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre a conspirar pá, sempre a conspirar... :DD

      Excluir
  4. O erro foi teu, que já vi que não cantas nada pá! Não é mariquinhas vem comi...é Mariquinha só. A importância do S na vida das pessoas é para lá de grande coisa. Hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tu nunca lês as letras pequeninas, ou é só nos blogues? Qualquer dia ainda te lixas... :DDDD (O que te vale é que já vi que tens contactos lá nos direito-coisos...)

      Excluir
    2. Chiiiiiii, granda argolada agora. Olha que não é nada meu. O Rule of Law é só letrinhas pequeninas...

      Excluir