quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Do perigo da usurpação de funções.


Pois... Eu é mais... Coise!

6 comentários:

  1. Compreendo-te tão bem Nezinha. No ano passado por esta altura conhecia em romeira mão as agruras de passar a ferro tecidos delicados. Enquanto não encontrei uma empregada nova era à razão de uma blusa por semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era uma t-shirt tão munita... Enfim!

      Excluir
  2. Há objetos muito perigosos nos lares de cada um, e caso não lhes sejamos afeiçoados, então, os problemas aparecem!
    É de ficar amuada. Eu ficava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fiquei fo-lixada... Não lhe volto a pegar... Objecto do demónio!... Vá de retro!

      Excluir
  3. Também, ó Nê, com um ferro desses... francamente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahah mas então... Qual é problema do ferro, carai? Olha que aquece bem (demais!) :D

      Excluir