sábado, 7 de janeiro de 2017

Da possessividade.

[NM] Deixa... Deixa-me limpar-te o nariz...

[Baby, a querer fugir-me] Nãaaaooo!

[NM] Mas não, porquê? Explica-me lá.

[Baby] Puque os macacos xão meus...

(...)

E agora que penso já o Jr. não me queria deixar lavar o pote onde fez o seu primeiro cocó porque, lá está, o cocó era seu e eu não tinha nada que o deitar fora.

Hum... 
Estarei a fazer alguma coisa de errado? 
Vou ali debruçar-me sobre o assunto e já volto.

14 comentários:

  1. Aqui vai outra situação semelhante: um jovem com quase 15 anos, a quem a mãe diz / ainda tem que dizer para ir lavar os sovacos, pois fedem e são um desrespeito por quem o rodeia (isto depois do banho tomado, mas axilas esquecidas!..Não me perguntes como é possível!, que responde "Os sovacos são meus. Faço com eles o que eu quiser!".
    E é isto...prepara-te para teres adolescentes porcos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahah oh pseudo!... Não sei se estou preparada... Tenho o olfacto muitíssimo apurado. Não dá.

      Excluir
    2. Pois, uma coisa é o que tu queres e o que tu queres que eles façam, outra bem diferente é o que eles fazem, por muitos bons exemplos de higiene que tenham em casa.
      No que toca a cheiros, também pouco me escapa, mas sei sempre quando é que ele não toca naqueles sovacos.

      Excluir
    3. Oh meu Deus... O que foi eu fazer à minha vida... ;D

      Excluir
    4. E explicar às miúdas de 13/14 anos que não, enfrascarem se de perfume (que eu sou alérgica), não é o mesmo que lavarem bem a suvaqueira e colocarem desodorizante.

      Resolveu se com uma ameaça de vergonha em público e online...

      Excluir
    5. Não fazia ideia que o tema "sovaco" fosse uma questão de tal monta. Vou já começar a sensibilização. ;)

      Excluir
  2. Respostas
    1. Fazem parte do nariz. E não é do meu.

      Excluir
    2. Pipocante Irrelevante Delirante8 de janeiro de 2017 00:14

      Do seu, do meu, do nosso.

      https://www.youtube.com/watch?v=l7qs_nfLMSc

      Excluir
    3. Ahahahahahahahahahah que relíquia PID!! Thank you very nice. :)

      Excluir
  3. Pipocante Irrelevante Delirante7 de janeiro de 2017 22:22

    É hora de inserir To Zé Vinhas na educação musical do garoto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pipocante Irrelevante Delirante8 de janeiro de 2017 23:13

      Sim, e também o "Oh formiga, formiguinha"...
      Uma canção de intervenção para a pequenada.

      Excluir
    2. Ui, estímulos desses eles não precisam. Já são dirigentes sindicais em miniatura...

      Excluir