quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O futebol, ai o futebol...

Ainda a propósito das palavras feias.
O Jr. e o Baby na sala e eu logo ali na cozinha. Sem ter percebido o que aconteceu só ouço:

[Jr.] OH POÇA!!!

[Baby] Isso não se diz...

[Jr.] Diz, diz! A mãe deixa quando estou zangado.

[Baby] Mas pôga não... Pôga não se diz...

[Jr.] Não, porra não... Porra só se pode dizer no futebol.

(...)

Eu?! Eu quedei-me a pensar que outras regras por mim desconhecidas existirão em minha própria casa.

19 comentários:

  1. O teu marido leva os miúdos ao futebol... aos jogos do FCP...
    Sou a informar que tens muita sorte por "pôga" ser a palavra que lhes ocorre. De certeza que por lá se dizem bem piores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva o mais velho sim. E, pronto, vivendo no Porto... Quer dizer, só se as crianças fossem surdas é que não sabiam o rosário todo. A questão é ele achar que lhe permitem asneiras no futebol. no resto dos sítios não, mas no futebol não conta... :DDD

      Excluir
  2. Pipocante Irrelevante Delirante5 de janeiro de 2017 14:38

    São regras do senso comum, todos as conhecem.
    Seria o mesmo que dizer "não sabia que havia uma regra que define que as meias calçadas devem ser iguais". Duh.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Começo a perceber... Há o Futebol e o resto, não é?

      Excluir
    2. Pipocante Irrelevante Delirante5 de janeiro de 2017 15:28

      Há o futebol e não só...

      O trânsito (oh minha estimada senhora, não viu esse objecto hexagonal espetado num tubo? Terá sido o brilho do meu carro acabinho de polir que fez com que não parasse e me enfiasse a porta para dentro?
      Ou então "poga poga minha grande ****, e se visses por onde c**** andas?")

      Telefonemas às finanças/SS (a espera enquanto há música e o diálogo propriamente dito)

      Chamadas de call centers a vender X

      Vendedores da Meo a tocar à campaínha às 23h

      Cada situaçao tem o seu próprio conjunto de vocábulos utilizáveis

      Excluir
    3. Ai, caramba PID. Tem mesmo que pôr essa pressão toda? Não sei se estou à altura da educação dos meus filhos... E agora? Faço o quê?

      Excluir
    4. PID, por acaso é octogonal :) REpare bem.

      Excluir
  3. Por acaso aqui há tempos estava com uma amiga e com o respetivo filho de 4 anos quando este disse um palavrão cabeludo. E quando ela lhe perguntou onde ouvira tal palavra o miúdo disse que tinha sido ao pai, no futebol. Ela então repondeu-lhe que, pronto, no futebol podia dizer, mas só no futebol. Eu até achei graça à forma como ela resolveu o problema.
    Dulce/Porto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não gosto nada de ouvir crianças a dizer palavrões. Nunca disse nenhum em frente aos meus pais, nem ouvi o meu irmão dizer. Talvez por isso, não lhos permitirei. Podem dizer "poça", que já é bem bom para desopilar fígados.

      Excluir
    2. Também nunca disse asneiras em frente aos meus pais, nem tal me teria sido admitifo. Quando estava aborrecida la no meio dos dramos das minhas barbies lá soltava o meu fogo e não estava mal ;)

      Excluir
    3. Ahahahahahahahahahah isso. Também lhes vou dar a opção do "fogo", só para não dizerem que não têm vocabulário diversificado.

      Excluir
    4. Pipocante Irrelevante Delirante7 de janeiro de 2017 22:16

      Foscasse?

      Excluir
  4. Eu sou sincera adoro mas adoro mesmo ouvir os miúdos a dizer asneiras na sua inocência. Quando estão a tentar dizer outra coisa!!
    O meu filho passou por uma fase em que dizia "puta" ao tentar dizer "fruta" e nós corrigiamos com cara séria mas adorava. E passou por uma fase em que dizia "o totó do avô" que era o tractor do avô.
    Tive também um primo que queria dizer "não sou policia" mas só lhe saía um "não sou piça!" ... acho-os inacreditavelmente amorosos nessa fase.

    Mas odeio mesmo ouvir os miúdos a dizer asneiras sabendo que as estão a dizer. E pior só mesmo os adultos a ensiná-los propositadamente (tira-me do sério).
    Certamente que o meu filho as ouve e se calhar até dirá algumas com os amigos mas devo ser muito "old school" porque também não lhe admito que as diga perto de mim. Não há cá desculpas para o futebol :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh, mas isso quando são pequeninos não conta... http://calmacomoandor.blogspot.pt/2016/09/hoje-como-em-praticamente-todos-os-dias.html?m=1

      Excluir