quinta-feira, 24 de abril de 2014

True story

Houve uma altura da minha vida em que fui professora do ensino básico e secundário. (Uma A-VEN-TU-RA... Os professores deste país têm uma vida espectacular... É tão boa, tão boa, tão boa, que eu me pus a fancos à primeira oportunidade.)

Na altura tinha uma turma de 10º ano onde havia um aluno assim com uns jeitos... hum... assim um bocado para o florzinha/flausina... Estão a imaginar o histriónico olhem-para-mim-que-efeminado-sou-ó-corror-sua-bicha-maluca?... Pronto, é desse género que falo!

Deu-se o caso de o tal aluno ter o símbolo da Playboy num porta-chaves ou num porta-lápis ou noutra coisa qualquer que eu já não me recordo... Numa das primeiras aulas, para quebrar o gelo ao eles entrarem para a sala, digo eu para ser para lá de engraçada e oh-para-mim-que-moderna-que-eu-sou-que-até-faço-piadas-e-tudo-só-para-verem-que-não-sou-cabra-de-todo...


[NM] Ai "José"... Não te sabia adepto de cunicultura...

[Outro aluno que não o "José", que entretanto ficou a olhar para mim como um boi para um palácio por claramente não saber o que é cunicultura] Oh stôra, se há coisa que se vê logo que o "José" é adepto é de CÚ-nicultura... Não me diga que ainda não tinha reparado...

(...)

Não me ri, hã... Por quem me tomais!!... Virei quase cabra quase de repente... Ai vamos lá sentar e escrever o sumário, que hoje temos muito que fazer e não quero nem um piu que eu não estou para cenas... Aguentei a aula toda. Quando cheguei à sala dos professores... Chorei a rir!!! Ai... Eu perco cada oportunidade de ficar calada.

19 comentários:

  1. Epá ó Nê Mê... Tu és uma moçoila tão graciosa como um elefante numa loja da Vista Alegre...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh pá... Coelhos -> cunicultura... Lógico, não é?

      Excluir
    2. Claro... Uma pessoa olha para um porta-chaves com o coelho da Plauboy e pensa logo que tá ali um criador de coelhos... Suuuuuuuuuure!

      Excluir
  2. É aquela cena do carácter traiçoeiro da língua portuguesa....! ;)

    ResponderExcluir
  3. Ahahah...muito bom!

    viagemdoceviagem.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahah
    (hoje sou eu com esta maravilha de comentários)
    Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah

    ResponderExcluir
  5. Ó valha-me santa Macarena, que uma pessoa sai a seguir ao almoço para ir comprar umas "caramielos" e quando tem tempo para vir espreitar as vizinhas dá com isto? Coelhinho, se eu fosse como tu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ui... Por aqui bem se está... Já na tienda ao lado... Aquilo foi LEGENDARY...

      Excluir
  6. Ai mulher... ahahahah... essa saiu-te mal!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... Eu às vezes perco excelentes oportunidades de ficar caladinha... :D

      Excluir
  7. AHAHAHAHAH
    Isso hoje em dia era gajo para dar direito a processo criminal por prática de bullying.
    Olha na minha turma de 11.º ano havia um gajo a quem chamávamos Galifão (ainda hoje n sei porquê) que tinha os 2 dentes da frente (superiores) super saídos da boca e nós no gozo costumávamos dizer "oh galifão agrafa-me aí estas folhas" o gajo ficava lixadoooo. De tantos nos ouvir dizer aquilo e pensando que ele era o único da turma que tinha um agrafador, um dia a prof de inglês, pega num monte de folhas de exercícios que não tinha tido tempo de agrafar e vira-se para a alminha e pergunta "pode agrafar estas folhas para distribuir pela turma". Bem... Foi gargalhada geral por mais de 10 minutos. O gajo saiu bruto da sala a ameaçar a desgraçada e ela, depois de lhe explicarmos a piada, caiu num pranto que só visto. Enfim, vida de professora é triste, muito triste AHAHAHAH

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahahahahahahah, coitada da prof..
      ahahahahahahah

      Excluir
    2. No meu estágio conheci uma colega que tinha um dente da frente tão torto e saído que eu só pensava que o marido dela, também nosso colega, iria dar graças a Deus por aquele dente nos dias em que houvesse futebol. Até já o estou a imaginar: "ó mulher (que classe), traz-me uma mini! Espera aí, não vás já para a cozinha, deixa-me só abrir a garrafa primeiro". Macacos me mordam se aquele dente não dava para descapsulador de minis.

      Excluir
  8. Que história inventada mais ridícula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então José? Que é lá isso? O menino sabe que eu não tive a mínima intenção....

      Excluir
    2. AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

      Sempre em grande NM!!! juro que fiz uma pinguinha nas cuecas com esta resposta :):):)

      A anónima

      Excluir